Mosaico do Tabaco - TMV


 



 
Doenças e pragas

Mosaico do Tabaco - TMV


O primeiro sintoma deste vírus é uma coloração verde-clara entre as nervuras das folhas novas e a formação de um mosaico que alterna a coloração do tecido entre um verde escuro e um claro. Mosaico não resulta na morte da planta, mas ocorrendo no início da safra causa atrofia, retardando o crescimento. Pode ocorrer a “queimadura de mosaico” nas folhas baixeiras, especialmente durante períodos de clima quente e seco. Os sintomas podem variar de suaves manchas a fortes distorções nas folhas, podendo ser confundidos com outras viroses como o CMV ou PVY. Em plantas com algum tipo de estresse ou dificuldade de crescimento os danos e sintomas tendem a ser mais fortes.

A transmissão do vírus ocorre de forma mecânica, de planta para planta ou através do contato, sendo o próprio homem o principal transmissor. Por esse motivo, muitas vezes, nota-se um maior número de plantas infectadas com o TMV em algumas linhas da lavoura, com a transmissão durante o plantio ou durante os tratos culturais.

O vírus pode permanecer no solo por longos períodos, mantendo-se nas raízes e restos de cultura infectados ou em outros hospedeiros. Depois da infecção, não existe nenhuma forma de cura ou remédio para essa virose, por isso, medidas preventivas devem ser adotadas. O melhor método para evitar o TMV é o uso de cultivares resistentes.

Em caso de cultivares suscetíveis, quando houver um pequeno número de plantas infectadas na lavoura, essas devem ser arrancadas para evitar que a doença se espalhe pela lavoura. Quando o produtor possui mais de uma lavoura e uma delas estiver atacada, os trabalhos sempre devem ser iniciados pelas lavouras sadias, deixando as lavouras infectadas para o final do dia.

O mosaico já foi uma das mais importantes doenças do tabaco, mas diminuiu de importância econômica devido à disponibilidade e ao uso de cultivares resistentes.

Existem vários híbridos resistentes a TMV comercializados pela ProfiGen com ótima produtividade e qualidade. 

 

Fotos com sintomas da doença:


 Sintoma de mosaico e a típica queimadura em cultivar suscetível

 Típico sintoma de transmissão do TMV por contato na linha de plantio

 

Veja também



Produtos relacionados


  • NC100
    Resistentes a PVY

  • PVH2233
    Resistentes a PVY

  • PVH2261
    Resistentes a PVY

  • PVH2404
    Resistentes a PVY

  • PVH2414
    Resistentes a PVY

  • PVH09
    Tolerantes a murcha

  • PVH2254
    Tolerantes a murcha

  • PVH2343
    Tolerantes a murcha

  • PVH2241
    Resistentes a TMV

  • PVH2299
    Resistentes a TMV

  • PVH2411
    Resistentes a TMV

  • PVH2306
    Maturação rápida

  • PVH2310
    Maturação rápida

  • HB4151P
    Tolerantes a Murcha Bacteriana e Fusarium

  • HB4155P
    Tolerantes a Murcha Bacteriana e Fusarium

  • HB4180P
    Tolerantes a Murcha Bacteriana e Fusarium

  • HB4196P
    Tolerantes a Murcha Bacteriana e Fusarium

  • HB4192P
    Resistentes a Black Shank

  • HB4194P
    Resistentes a Nematoides

  • HB4198P
    Resistentes a Nematoides

  • HB4266P
    Resistentes a Nematoides

  • HB4488P
    Resistentes a Nematoides

  • NC4
    Resistentes a Nematoides






Imagem Panorâmica ProfiGen

Endereço

Estrada do Couto
Km 03,
Santa Cruz do Sul
RS - Brasil